Em 1971, o notário de Schio registou o nascimento da empresa Ind.ia, cuja denominação social especifica: indústria anfíbia italiana.

O arquiteto Bruno Gonzato acaba de regressar dos Estados Unidos, com o objetivo de construir um veículo todo-o-terreno de seis rodas. Para isso, o empresário financia-se a si próprio, produzindo e vendendo caracóis de ferro forjado, um artefacto muito comum na cidade de Vicenza; rapidamente se apercebe de que esta atividade é muito mais excitante do que poderia imaginar e começa a investir neste mercado, seguindo os seus instintos empresariais, juntamente com a arte e a paixão que o ferro é capaz de transmitir. Assim, após uma rápida evolução, a empresa cresceu em experiência e dimensão, tornando-se um grupo internacional que produz e distribui em todo o mundo artefactos, produtos forjados, semi-acabados e acabados em ferro forjado, latão, bronze e aço.

Esta expansão não afectou o amor pela tradição que caracteriza esta arte antiga, de tal forma que o arquiteto Gonzato é hoje considerado um grande artesão e não um industrial. Isto não o impede de desenvolver a sua atividade com inovação e investigação em design, atividade em que é assistido pela sua mulher Stefania, também arquiteta e designer, pelos filhos Francesca, Mateo, David, Dario e pelo genro Andrea. Este desejo de fazer crescer a segunda geração para posições de liderança no sector demonstra a visão de estabelecer bases sólidas para um futuro que assegurará a continuidade da filosofia da empresa.

As principais etapas

  • 1971: Criação da empresa Ind.i.a. no sopé dos Alpes, na província de Vicenza – Itália.
  • 1989: Estabelece a primeira sucursal estrangeira em Madrid – Espanha.
  • 1992: É criada a primeira sucursal nos EUA, em Houston, Texas.
  • 1996: Abertura da segunda sucursal italiana em Avellino e da sucursal francesa em Beziers. A estrutura empresarial da Ind.ia é reforçada com a transformação de Srl em Spa.
  • 1998: Aquisição de uma participação maioritária na Arteferrum Croso, um concorrente alemão no mercado desde 1711.
  • 1999: Para cobrir os EUA. A segunda sucursal americana é estabelecida em Miami, na Florida. A Ind.i.a. obteve a certificação de qualidade ISO 9001, emitida pela TÜV alemã.
  • 2000: Estabelecimento de sucursais em Norrköping, na Suécia, e em São Marcos, no Brasil.
  • 2001: O crescimento da especialização no processamento de aço inoxidável leva à criação de uma divisão dedicada.
  • 2002: Abre a sucursal russa em Moscovo e adquire a Dohomont Arteferro doo na Croácia.
  • 2003: Ind.i.a. Confirma as suas competências organizacionais através da obtenção da norma ISO 9001: 2000.
  • 2004: A área da sede em Vicenza expande-se para mais de 60.000 m².
  • 2005: Estabelece uma sucursal em Kiev – Ucrânia. Confirmando o compromisso de proteção do ambiente, a Ind.ia obtém a certificação ISO 14001 emitida pela TÜV alemã.
  • 2006: Abertura de uma sucursal na Argentina, em Buenos Aires, e de uma sucursal no México, em Monterrey.
  • 2007: As linhas de produção e armazenamento de aço inoxidável são alargadas, a sucursal na Croácia é melhorada e é aberto o primeiro escritório de representação para o Extremo Oriente na China.
  • 2008: Abertura de três novas filiais: em Varsóvia – Polónia, Lagos – Nigéria e Santiago do Chile Leste com um novo armazém totalmente automatizado de 6.000 m² e uma extensão do armazém russo em 2.000 m².
  • 2009: Nasce a nova divisão dedicada à produção por contrato e chave na mão de trabalhos de acabamento.
  • 2011: Estabelecimento da sucursal sueca em Gotemburgo, dedicada ao mercado único do aço inoxidável. A produção e a laminação são efectuadas pela Nueva Cogeme srl.
  • 2013: Aquisição da histórica empresa alemã Triebenbacher.
  • 2014: A divisão de contratos é oficialmente encarregada da construção dos portões do Coliseu.